PT adota denominações em todas as línguas dos territórios sob administração espanhola

A decisão da assembleia responde aos preparativos para as eleições europeias de 2014, nas que o partido pretende concorrer

O Registro de Partidos Políticos vem de reconhecer formalmente as denominações adicionais adotadas em 2012 pola Assembleia Geral do Partido da Terra. Deste jeito, para além da denominação principal “Partido da Terra”, o PT poderá utilizar nos boletins de voto a tradução do nome em todas as línguas dos territórios sob administração espanhola: “Partido de la Tierra” (castelhano), “Partit de la Terra” (catalão), “Lurraren Alderdia” (euskera), “Partíu de la Tierra” (asturo-leonês), “Partito de la Tierra” (aragonês), “Partit de la Tèrra” (occitano), “Hizb al-Ardh” (árabe) e “Akabar n Wakal” (amazigh).

Para além das traduções da denominação principal, o Registro de Partidos reconheceu também a primazia do critério ortográfico do PT na hora de combinar a sua denominação com os topónimos de paróquias e comarcas, não precisando utilizar as formas oficiais nos boletins de voto. No caso das eleições municipais, o PT poderá ainda utilizar a forma plural da sua denominação (“Partido das Terras de…”) seguida dos nomes das freguesias que apresentem candidaturas conjuntas para um município através das assembleias paroquais do partido.

Escrito por